domingo, 21 de março de 2010

NEIDA ROCHA

NÃO NASCI POETA



Neida Rocha



Não nasci Poeta.

A vida lapidou-me,

dando formato

aos meus sentimentos.

Tornei-me Poeta

quando escutei meu coração

e dei voz a minha alma.

Tornei-me Poeta

quando aprendi a viver o amor,

silentemente,

sem a certeza da paixão correspondida.

Tornei-me Poeta

quando percebi os sons da natureza

e respondi aos seus anseios.

Tornei-me Poeta

enquanto todos dormiam

e eu despertava

para observar o amanhecer da vida.

Tornei-me Poeta

quando busquei o reflexo de minha alma

e atendi seu chamado.

Um comentário:

  1. está impossível de ler com a letra da mesma cor do fundo.
    []s

    ResponderExcluir